A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

sábado, 16 de março de 2013

 
 
O MEU ETERNO AMAR

 
Te dei a noite mágica
E a sua madrugada
Você pediu-me mais
Além da noite mágica
E de sua madrugada
Quiseste as alvoradas
 
Depois te dei o mar
E toda sua grandeza
Você pediu-me mais
Além de todo mar
Quiseste a minha terra
Com toda a sua beleza
 
E além da terra e mar
Te dei um céu azul
Um céu de norte a sul
E você pediu-me mais
Além de um céu de estrelas
Quiseste minha vida inteira
 
E além das madrugadas
Além das alvoradas
Além da terra e ar
De todo céu e mar
Quiseste para sempre
O meu eterno amar
 
E foi isso que te dei
Foi tudo o que quiseste
Nessa razão mais que infinita
Te dei o meu amor
Te dei todo o meu amar
Para sempre minha querida
 
(Adriano Hungaro)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário