A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

sábado, 6 de outubro de 2012























SONETO DAS ROSAS DE AMOR


Sobram-nos flores nessa representação do amor
Vermelhas rosas, no jardim cheias de brilho
E são vermelhas pois demonstram o calor
Que nossos corpos sempre têm quando juntinhos

Dar-te-ei flores, essas rosas mais vermelhas
Que brilham mais do que brilham as estrelas
Que queimam mais do que queimam as labaredas
Que representam nosso amor... oh minha Deusa

Rosas vermelhas com os caules sem espinhos
Entoando o nosso som bem de mansinho
Entoando nosso amor sem desafino

Vermelhas rosas que nos fazem então sonhar
Sonho que encanta na razão de apaixonar
E que na sua plenitude... só nos faz querer amar



⊱✿✿

Nenhum comentário:

Postar um comentário