A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

sábado, 14 de janeiro de 2012
















PERMITA-SE!

Permita-se, necessariamente, permitir-se! Permita-se sonhar, correr, voar, sorrir. Permita-se respirar o melhor ar. Permita-se ter desejos, abstraindo-se dos medos. Fundamente sua história em realizações e ignore necessariamente as decepções. Alguém, algum dia, por algum motivo, vai decepcioná-lo. Portanto, permita-se nessa decepção: perdoá-lo! Permita-se apaixonar e, incondicionalmente, amar. E não ame apenas o necessário; ultrapasse o limite do seu próprio imaginário. Ame principalmente a vida, as pessoas, as amizades e sua família. São apenas eles que testemunharão a sua existência. O resto será um mundo de gente meio sem consciência. Lembre-se que o seu caminho será uma jornada infinita; serão passos e passos, alguns cansaços, alguns outros tropeções por fracassos. Mas, permita-se levantar, sacudir a poeira e continuar. No fim, soma-se o início e o meio para chegarmos sempre ao nosso melhor inteiro. Sofre mais quem quer sofrer, quem compra para si o sofrimento. Liberte-se dessa idéia e desse sentimento. Vive bem menos quem deixa de querer viver. Permita-se; permita-se sempre querer viver! Permita-se viver apenas com um limite: o limite de viver de forma ilimitada!

 
 
⊱✿✿
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário