A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Silêncio !



ESCUTA O MEU SILÊNCIO!

Já tenho dito que o meu silêncio
é uma forma necessária de expressão,
é a ausência fundamentada
de qualquer boa palavra para se dizer.
Mas a vida é provisória e, cristalinamente,
também precisa de silêncios e da ausência
de palavras para ser vivida. Definitivamente,
os nossos belos desenhos se fazem com
as tintas das antemanhãs; as cores da vida jamais
precisarão de palavras para serem compostas.
Amanhã - quem sabe - eu quebre essa regra,
eu quebre o meu silêncio e
te conte todos os meus motivos
para estar assim; quem sabe eu até mesmo
te murmure um belo poema de amor.
Por hora componho-me apenas e
tão somente de gritos abafados;
por hora - necessariamente
- vivo da ausência de palavras...
Por hora, escuta o meu silêncio!




Nenhum comentário:

Postar um comentário