A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

sábado, 5 de dezembro de 2015

... 


Que não nos falta a coragem de abrir mão de todos os nossos comodismos; que tenhamos força para lançar fora todas as nossas acomodações, mesmo que elas estejam diretamente ligadas ao fundo do coração. Que saibamos interpretar que muitas e muitas vezes quem amamos não nos ama... e a ordem inversa também pode ser mais que verdadeira. Porque nesta vida, infelizmente, a cada dia que passa treinamo-nos a viver cada vez mais por comodismo... por simples e mera relação causa e efeito... Sem calor, sem gosto, sem cheiro! Acomodamo-nos a ponto de viver sem qualquer cumplicidade... e sem cumplicidade não se vive de amor, não se vive a melhor vida... porque a balança sempre irá pesar de forma distinta... Serão dois pesos e duas medidas! Então, que haja sempre o melhor discernimento entre a vontade de estar sempre perto por necessidade... e a mísera necessidade de estar perto apenas por estar perto, sem qualquer sentimentalidade que valha a pena isso. No final... entre nós e dentro de nós... que não seja absolutamente nem mais e nem tampouco menos. Que seja sempre da forma exata e na medida exata; que todos tenham de nós... apenas e simplesmente aquilo que merecem! 

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário