A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

sexta-feira, 31 de maio de 2013

 
 
CONJECTURAS

Pode ser que na melhor variável... tudo seja definitivamente findável; ao ponto de não querermos mais... nem nós mesmos. Pode ser que não exista essa dor... e que a sensação seja apenas um algo mais para nos botar no chão; mas também para nos ensinar a levantar; até mesmo porque é difícil acreditar que alguma coisa invisível e sentimental nos derrube tanto. Não sei... pode ser que, lá... no fundo de nós, o amor seja uma lenda; e que por ser lenda... nos engane sempre, fazendo com que digamos infinitos... "eu te amo"! Sinceramente, num contexto de mil conjecturas... pode ser que não exista essa nossa loucura, e se ela existir será para melhorar a visão míope da nossa racionalidade efêmera. No final de nós... pode ser que não exista ternura e que tudo se resuma e se finde... numa simples e desprezível aventura. Mas que até lá... algum de nós ou até mesmo nós dois... tenhamos pelo menos a certeza de que tudo... mesmo de modo findável, mesmo cheio de algumas loucuras e sentimentalidades abruptas em conta gotas... tenha valido a pena. Porque... enquanto eu fragmento, no final do seu cruel lamento... A vida passa, a vela apaga, a cama esfria!
 
(Adriano Hungaro)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário