A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

domingo, 3 de junho de 2012
















Tem horas que a vida fica arriscada demais! Os amigos tornam-se arriscados, os lugares tornam-se arriscados, as pessoas que guardamos em nosso coração tornam-se arriscadas e até mesmo os amores - num bungee jump de sentimentalidades - também tornam-se arriscados demais. Por tudo isso e, principalmente pelos ditos amores que vivemos, também acabamos nos tornando arriscados demais; e nesse jogo de r...iscos superamos (ou não) situações, quebramos (ou não) regras e muitos outros limites. Mas, por certo, a vida passa, os sonhos passam, as pessoas passam e as sentimentalidades passam. No mesmo contexto... os riscos também passam. E se existe risco em viver, na mesma conta também existe risco em deixar de viver; e com toda crença, certamente deixar de viver custará bem mais caro que viver em riscos. Vale-se o risco, vale-se o arriscar-se... sobrevivemos disso por necessidade de provarmos que vivemos; até que a morte nos separe... até que o vento nos leve!
 
 
 
 
 
 
✿✿

Nenhum comentário:

Postar um comentário