A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012














DOS POEMAS DE AMOR

Quantos poemas de amor eu te escrevi
Nos momentos que estive tão ausente
Pois só nos versos eu deixei você aqui
Na minha vida teu passado foi presente

Na minha passagem os poemas que doei
Foram prova de amor e liberdade
Sobrevivi desses versos que escrevi
E para mim, eles são mais que obra de arte

Em cada verso que te fiz contei histórias
E em cada história escrevi o teu mistério
Nesse mistério tinha sempre algo caro

Mais importante que qualquer dos relicários
Mais preciso que qualquer destes teus quadros
Mais valioso que qualquer tesouro régio


⊱✿✿

Nenhum comentário:

Postar um comentário