A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

domingo, 13 de novembro de 2011
















DOS BEIJOS DE VINHO TINTO

Minha boca é mais molhada com a sua
Quando encosta a minha língua nos teus lábios
Porque o gosto do teu beijo é como o vinho
Tinto e seco, nossos beijos bem selados

Entre bocas, entre corpos, além vida
Bem selados – nossos beijos se eternizam
Teus carinhos, meus carinhos, nossos braços
Mil abraços – nossos corpos – entrelaços

Tua boca – molha a minha – tão sedenta
Com sabor de vinho tinto que alimenta
Tua boca toca a minha e me entorpece
E lá fora vai-se a noite e amanhece

Uma noite de prazer que vai-se embora
Entre corpos, entre beijos, entre as horas
Tua boca suculenta beija a minha
O prazer que existe em nós nunca termina



⊱✿✿

Nenhum comentário:

Postar um comentário