A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

quarta-feira, 29 de setembro de 2010



L embro-me ainda que contava estrelas
A hhhh... eu brincava de olhar para o céu
I nspirando-me na sua infinitude
S óis, luas e planetas distantes

M esmo em noites de chuva
A inda olhava para o céu
R imando poemas com o universo
I nspirando-me no que não via
A hhhh... mas o amor também não é invisível?

Nenhum comentário:

Postar um comentário