A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

sexta-feira, 27 de agosto de 2010



SONETO DO TEU OLHAR

Por teu olhar me mostrou toda a sua alma
De fato, o que as palavras não revelam
A passagem de uma vida em mistério
Por teu olhar eu conheci você a sério

Eu vi teus sonhos e todos teus dilemas
Por teu olhar eu te encontrei em outras cenas
E vi você dividida entre dois temas
A tua vida entre os amores e os poemas

Dentro de ti eu vi tua paz e tua guerra
Os teus momentos de angústia
E os teus momentos de espera

Por teu olhar te divisei na infinitude
Vi teus sorrisos, vi teus choros e a tua juventude
Uma deusa e uma mulher... em sua plenitude

*
*

Nenhum comentário:

Postar um comentário