A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

terça-feira, 13 de julho de 2010



NA SOMA DE TODOS OS MEUS DIAS

Sejam horas calculadas de partida
Umas outras calculadas de chegadas
No minuto em que silente eu desenho
Minha vida, minhas cores, minha estrada

E se for tudo nessa vida: matemática
Dessas horas de partidas e de chegadas
Em que somamos e dividimos a jornada
Que eu faça o melhor para minh´alma

Some dias de alegrias, de alvoradas
Some noites de estrelas prateadas
Some horas de amar nas madrugadas
Lindas cores desenhadas pela estrada

E que eu some para sempre encantamento
Um momento de estar bem a todo o tempo
Que eu some um amar sempre presente
E que esse amar seja amor: para todo sempre!
*
*

Nenhum comentário:

Postar um comentário