A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

quinta-feira, 4 de abril de 2013

 
 
Quantas juras de amor foram feitas sem amar.
Quantos sonhos de verão foram vistos sem sonhar.
Quanta foi a tua fé que nem soube precisar.
Quantos montes escalou sem sair do teu lugar.
Quanta vida se perdeu... quantos foram os caminhos.
Entre as flores do jardim... somam muitos os espinhos. 
Quanto quis estar com tantos... para hoje viver só...
entre os sós... estar sozinha. 
 
( Adriano Hungaro )
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário