A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

sábado, 22 de setembro de 2012

















SE NÃO FOR POR AMOR...


Se não for por amor os dias mais coloridos ficarão gris, os murmúrios mais apaixonados virarão gritos e o inferno será o melhor dos paraísos. Se não for por amor o estar dentro será distante, o riso virará choro e os sonhos serão eternos pesadelos, sem consolo. Se não for por amor a brisa virará tornado, a garoa será tempestade e o sol será apenas um astro gelado. Se não for por amor a lua jamais será cintilante, as estrelas pontos distantes e que não dizem nada. Se não for por amor o querer virará ódio, a paz virará guerra e o bem estar será apenas um eterno momento na espera. Se não for por amor tu não me amas, porque se amar sem amor é enganar-se sozinha; além de enganar-me. Mas eu não levo tão com rigor os que me enganam... porque enganar-se é mais doloroso que enganar-me; enganar-se é a pior coisa. Assim, não se aventura a dizer: te amo no terceiro dia; porque o amor é uma somatória de dias, meses e anos... e um bocadinho de horas jamais o representará. Ora, se não for por amor não me ama e nem me diz te amo; porque eu jamais te diria te amo se não te amasse. Entende então que eu digo te amo... conscientemente; te digo te amor por amor e todos os meus dias por esse amor me são leves, mesmo que carregue sobre as minhas costas todas as tuas montanhas.



⊱✿✿

Nenhum comentário:

Postar um comentário