A única condição que separa o sonho da realidade é a força de vontade em realiza-lo!
( Adriano Hungaro )

segunda-feira, 28 de junho de 2010

SOU EU DE VERDADE

Depois da poeira e das tempestades
Depois dos amores, perdidas saudades
Depois do silêncio, de muitas passagens
Ainda sou eu... e sou eu de verdade

Depois das ausências, de tantas lembranças
Depois de batalhas, de muita esperança
Depois de momentos, depois de vaidades
Ainda sou eu... e sou eu de verdade

Sou eu infinita, brilhando pra vida
Sou eu sempre forte, rumando na sorte
Sou eu sempre anjo, as vezes arcanjo
Sou eu em andanças, sou sempre criança

Mas acima de tudo, sou obra de arte
Sou eu para sempre, sou eu de verdade



Nenhum comentário:

Postar um comentário